Celebridades nas redes sociais: diário da vida pública e/ou privada?

Ana Santiago

Resumo


Não há dúvida que a celebridade está presente nas redes
sociais, mas será que os conteúdos publicados formam um
diário da sua vida pública e/ou privada? Para responder
a essa questão, a presente investigação reflete sobre o
fenómeno da celebridade no mundo contemporâneo, na
esfera mediática e no ciberespaço, e analisa conteúdos
publicados nas redes sociais por um conjunto de
celebridades portuguesas.


Palavras-chave


celebridades; redes sociais; vida pública e privada

Texto Completo:

PDF

Referências


BIBLIOGRAFIA

Boorstin, D. (1992). The Image: a Guide to Pseudo-Events in America. New York: Vintage Books.

Castells, M. (2007). A Galáxia Internet: Reflexões sobre Internet, Negócios e Sociedade. Lisboa: Fundação

Calouste Gulbenkian, pp. 15-23.

Hollander, P. (2011). A cultura da celebridade Americana, a modernidade e a decadência, in Torres, E. C. & Zúquete,

J. P. (coord.). A vida como um filme: fama e celebridade no séc. XXI. Alfragide: Texto Editores, pp. 61-80.

Howe, P. (2005). Paparazzi. New York: Artisan.

Inglis, F. (2010). A Short History of Celebrity. New Jersey: Princeton University Press.

Lipovetsky, G. & Serroy, J. (2010). A cultura mundo: resposta a uma sociedade desorientada. Lisboa: Edições

, pp. 85-107.

Moraes, F. (2011). É tu nada, estrela: revista Caras e o consumo da felicidade nos salões de beleza de periferia.

Tese Doutorado, Universidade Federal de Pernambuco, Brasil.

Morin, E. (1972). Les stars. Paris: Éditions du Seuil.

Orihuela, J. L. (2011). Mundo Twitter – Una guía para compreender y dominar la plataforma que cambió la red.

Barcelona: Alienta Editorial, pp. 93-94.

Prost, A. (1991). Fronteiras e espaços do privado, in Ariés, P. & Duby, G. História da vida privada. Volume 5. Porto:

Edições Afrontamento, pp. 142-153.

Raposo, M. (1973). Sobre a protecção da intimidade da vida privada. Separata da Revista da Ordem dos Advogados. Lisboa: Casa Portuguesa.

Rojek, Chris (2001). Celebrity. (FOCI). Reaktion Books.

WEBGRAFIA

Farias, L. & Monteiro, T. (2012). A identidade adquirida nas redes sociais através do conceito de persona. http://

www.intercom.org.br/papers/regionais/nordeste2012/resumos/R32-1497-1.pdf (acedido a 22 de agosto de 2013)

Primo, A. (2009). A busca por fama na web: reputação e narcisismo na grande mídia, em blogs e no Twitter.

http://www.ufrgs.br/limc/PDFs/fama.pdf (acedido a 22 de agosto de 2013)

Recuero, R. (2009). Rede Social, in Spyer, J. (Org.) Para Entender a Internet - Noções, práticas e desafios

da comunicação em rede, pp. 25-26. http://www.esalq.usp.br/biblioteca/PDF/Para_entender_a_Internet.pdf (acedido a 22 de agosto de 2013)

Steganha, R. (2010). Jornalismo na internet: A influência das redes sociais no processo de confecção das notícias

de entretenimento e celebridade. http://www.bocc.ubi.pt/pag/steganha-roberta-jornalis

REFERÊNCIAS NO CIBERESPAÇO

Internet World Sates. http://www.internetworldstats.com/stats.htm (acedido a 29 de setembro de 2012)

Página Oficial de Cristina Ferreira. https://www.facebook.com/cristinaferreiratvi (acedido a 13 de setembro de 2013)

Página Oficial de Dom Duarte de Bragança. https://www.facebook.com/domduarte (acedido a 13 de setembro de 2013)

Página Oficial de Fanny Rodrigues. https://www.facebook.com/pages/Fanny-Rodrigues-Oficial/276487152415472?hc_location=stream (acedido

a 14 de setembro de 2013)

Página Oficial do Facebook. www.facebook.com (acedido a 6 de setembro de 2013)