As Campanhas de Publicidade Exterior e a sua memorização - Estudo realizado junto de um grupo de consumidores

Paula Lopes

Resumo


As campanhas de publicidade são efectuadas pelos
anunciantes e pelas marcas com o objectivo de comunicar
aos seus públicos informação sobre os seus produtos e /
ou serviços. Mas para além disso existem um conjunto
de factores que são inerentes à comunicação publicitária
como a memorização das suas campanhas pelos
consumidores devido a vários factores: tipo de produto,
criatividade da campanha e mensagem comunicada.
Associado à Publicidade Exterior em particular existem
outros factores como o conjunto da imagem e do lettering
colocados no suporte de Outdoor.
A concepção gráfica dos posters e Outdoors faz a diferença
na captação da atenção do consumidor, o que justifica a
investigação que tem sido desenvolvida sobre a medição
da eficácia da criatividade da campanha. O objecto de
estudo deste trabalho de investigação é perceber se os
consumidores memorizam as marcas que incluem a
publicidade exterior no seu plano de meios.
A metodologia aplicada a esta pesquisa consiste numa
revisão bibliográfica sobre a temática e num questionário
aplicado a um grupo de consumidores para saber se
memorizaram as marcas que anunciam em Publicidade
Exterior em Portugal.


Palavras-chave


campanhas de publicidade; publicidade exterior; memorização de marcas/produtos

Texto Completo:

PDF

Referências


Beerli, A., e Martín, J.D. (1999). Técnicas de medición de la eficacia publicitaria. Barcelona: Ariel.

Bhargava, M., e Donthu, N. (1999). Sales response to outdoor advertising. Journal of Advertising Research, 39(4), 7-18.

Bhargava, M., Donthu, N., e Caron, R. (1994). Improving the effectiveness of outdoor advertising: Lessons from a study of 282 campaigns. Journal of Advertising

Research, 34(2), 46-55.

Breva, E. (2007). La publicidad exterior: nuevos modelos para una planificación eficaz. Tesis Doctoral. Universitat Jaume I, Castellón - España.

Donthu, N.; Cherian, J.; e Bhargava, M. (1993). Factors influencing recall of outdoor advertising. Journal of Advertising Research, 33(3), 64-72.

Henderson, S. e Landau, R. (1980). Billboard Art. New Jersey: Chronicle Books.

Lopes, P. (2012) La publicidad exterior en Portugal. Situación actual y perspectivas de evolución futuras. Universidade da Extremadura, Badajoz, Espanha.

Pacheco, M. (2000). Cuatro Décadas de Publicidad Exterior en España. Ediciones Ciencias Sociales. Madrid, Espanha.

Presbrey, F. (1929). The History and Development of Advertising. Michigan: Doubleday, Doran & Company.

Sampson, H. (1874). A History of Advertising from the Earliest Times. London: Chatto and Windus.

Taylor, C. e Chang, W. (1995). The history of outdoor advertising regulation in the United States, Journal of Macromarketing, 15(1), 47-59.

Taylor, C. e Franke, G. (2003). Business perceptions of the role of billboards in the u.s. economy. Journal of Advertising Research, 43 (2), 50-160.

Taylor, C. e Franke, G. (2011). Public opinion towards digital billboards in the united states: an analysis of recent polls. Advances in Advertising Research, 2, 373-392.

Taylor, C., Franke, G., e Bang, H. (2006). Use and effectiveness of billboards: perspectives from selectiveperception theory and retail-gravity models. Journal of Advertising, 35(4), 21-34.

Van Meurs, L., e Aristoff, M. (2009). Split-second recognition: what makes outdoor advertising work? Journal of Advertising Research, 49(1), 82-92.

Woodside, A. (1990). Outdoor advertising as experiments. Journal of the Academy of Marketing Science, 18(3). 229-237.

Woodside, A. (1990). Measuring advertising effectiveness in destination marketing strategies. Journal of Travel Research, 29(2) 3-8.

Woodside, A. e Dubelaar, C. (2003). Increasing quality in measuring advertising effectiveness: a meta-analysis of question framing in conversion studies. Journal of Advertising Research, 43(1) 78-85.