A dispersão multimodal na visualização de Noticiários Televisivos

Rui Rodrigues, Ana Veloso, Óscar Mealha

Resumo


Para apreender e processar os estímulos resultantes
dos diversos objetos existentes do meio ambiente, o ser
humano tem de estar dotado de processos mentais que lhe
permitam selecionar e isolar um determinado estímulo.
Essa seleção permite obter uma imagem desses estímulos
tanto no seu conjunto como separadamente. Neste
contexto, e centrando o estudo nos noticiários televisivos,
é importante perceber a forma como o sistema cognitivo
realiza a receção e processamento da informação. Este
estudo introduz assim a questão da atenção seletiva,
com o intuito de compreender as possíveis modificações
que a inclusão dos elementos gráficos pode ter nos
noticiários televisivos, e como os telespectadores lidam
com este vasto número de estímulos. Surge assim, um
dos grandes problemas na visualização de noticiários
televisivos: a receção e o processamento da informação,
mais concretamente na dispersão multimodal (visual
e auditiva) que ocorre hoje em dia nos noticiários
televisivos. Este artigo visa refletir sobre a dispersão
multimodal que pode ocorrer nos noticiários televisivos,
incidindo nas questões da atenção seletiva em noticiários
televisivos introduzindo a tecnologia de eye tracking na
análise da mesma. Destaca-se que as características do
eye tracking e o potencial que esta tecnologia pode ter
no sentido de compreender melhor o comportamento
visual dos telespectadores dos noticiários televisivos.
Por fim, este artigo pretende perspectivar algumas
potenciais linhas de investigação relacionados com esta
área, no sentido de mostrar que é necessário realizar uma
maior investigação sobre noticiários televisivos, e o seu
sucesso em termos da receção de informação por parte
dos telespectadores.


Palavras-chave


atenção seletiva; dispersão multimodal; grafismos; noticiários televisivos

Texto Completo:

PDF

Referências


Bergen, L., Grimes, T., & Potter, D. (2005). How Attention Partitions Itself During Simultaneous Message Presentations. Human Communication Research, 31(3),

-336.

Cave, K., & Bichot, N. (1999). Visuospatial attention: Beyond a spotlight model. Psychonomic Bulletin & Review, 6(2), 204-223.

Cohen, A. (2003). Selective Attention. In Nadel (Ed.), Encyclopedia of Cognitive Science (Vol. 3, pp. 1033-1037). London: Nature Publishing Group.

Diniz, M., & Araújo, J. (2005). Telejornal: a construção da notícia no texto sincrético. Cadernos de Semiótica Aplicada, 3(2).

Drew, D., & Grimes, T. (1987). Audio-Visual Redundancy and TV News Recall. Communication Research, 14(4), 452-461.

Eriksen, C., & St.James, J. (1986). Visual attention within and around the field of focal attention: A zoom lens model. Perception & Psychophysics, 40(4), 225-250.

Fox, J. (2004). A Signal Detection Analysis of Audio/Video Redundancy Effects in Television News Video. Communication Research, 31, 524.

Goldstein, B. (2009). Sensation and Perception (8th Edition ed.): Wadsworth, Cengage Learning.

Grimes, T. (1991). Mild Auditory-Visual Dissonance in Television News May Exceed Viewer Attentional Capacity. Human Communication Research, 18(2), 268-298.

James, W. (1890). The Principles of Psychology (Vol. 1). Nova York: Dover.

Josephson, S., & Holmes, M. (2006). Clutter or content? How on-screen enhancements affect how TV viewers scan and what they learn. ETRA 2006 Proceedings, 155-162.

Lachter, J., Forster, K., & Ruthruff, E. (2004). Forty-Five Years After Broadbent (1958): Still No Identification Without Attention. Psychological Review, 111(4), 880-

Matsukawa, R., Miyata, Y., & Ueda, S. (2009). Information Redundancy Effect on Watching TV News: Analysis of Eye Tracking Data and Examination of the Contents. Library and Information Science, 62, 193-205.

Miller, A. (2006). Watching viewers watch TV: Processing live, breaking and emotional news in a naturalistic setting. Journalism & Mass Communication Quarterly, 83(3),

-529.

Milton, N. (1994). Early and Late Selection Theories of Attention.

Moore, D., Burton, J., & Myers, R. (1996). Multiplechannel communication: The Theoretical and Research Foundations of Multimedia. New York: Simon and

Schuster Macmillan.

Norman, D. (1976). Memory and attention: an introduction to human information processing. New York: Wiley.

Posner, M., Snyder, C., & Davidson, B. (1980). Attention and the Detection of Signals. Journal of Experimental Psychology, 109(2), 160-174.

Rodrigues, R. (2010). A cenografia das notícias televisivas em Portugal Um Estudo de Eye Tracking. Universidade de Aveiro.

Rossini, J., & Galera, C. (2006). Atenção Visual: Estudos Comportamentais da Seleção Baseada no Espaço e no Objecto. Estudos de Psicologia, 11(1), 79-86.

Sternberg, R. (2000). Psicologia Cognitiva: Artmed Editora.

Valle, F., & Fonseca, B. (2008). Grafismos do Real: Reflexões sobre o papel das imagens gráficas no telejornalismo. Paper presented at the Colóquio

Internacional Televisão e Realidade.