O discurso político e a “revolução democrática” em Portugal: análise dos discursos presidenciais de Ramalho Eanes e Mário Soares

Marta Santos Vieira, Cláudia Álvares

Resumo


Este artigo pretende investigar a construção do conceito
de democracia nos discursos dos dois presidentes
portugueses, Ramalho Eanes e Mário Soares, no
período que marca a consolidação da democracia após
a autocrática ditadura de Salazar e Caetano que durou
quase cinco décadas.
O nosso objetivo é caracterizar o discurso presidencial de
Ramalho Eanes e Mário Soares, e observar o lugar que o
conceito de democracia ocupa nesse discurso e a forma
como é abordado.
Com este artigo pretendemos apurar como se manifestam
as crenças, os assuntos estratégicos e a liderança retórica
de Ramalho Eanes e Mário Soares, e onde convergem ou
divergem as suas prioridades políticas?


Palavras-chave


discurso político; Presidente da República; democracia; liderança e análise de conteúdo

Texto Completo:

PDF

Referências


BARDIN, L. (2012) – Análise de Conteúdo. Lisboa : Edições 70.

BORD, Richard J. (2011) Toward a Social-Psychological Theory of Charismatic Social Influence Processes. Pennsylvania State University, Social

Forces, September: pp. 485-497.

Camurça, Zélia Sá Viana (1986) Carisma e Liderança no Contexto de Autoridade e Poder. Lima, Abdias. Capistrano: pp. 347-351.

ESPÍRITO SANTO, P. (2006) ‘A mensagem política na campanha das eleições presidenciais: análise de conteúdo dos slogans entre 1976 e 2006’, in

Comunicação & Cultura, n.º 2, pp. 83 – 101.

ESPÍRITO SANTO, P. (2007) ‘Comunicação politica nos discursos presidenciais de tomada de posse: 1976-2006’, in Communication studies n.º 2: pp. 185-215.

ESPÍRITO SANTO, P. (2008) Estudos de comunicação política Análise de conteúdo da mensagem na campanha e pós-campanha eleitoral nas eleições

presidenciais, Lisboa: ISCSP.

ESPÍRITO SANTO, P. (2009) ‘A mensagem nas eleições presidenciais portuguesas: o ciclo de debates televisivos de 2006’, in Communication Studies n.º

: pp. 151-171.

SALGADO, Susana (2007) As Presidenciais de 2006: Reflexões sobre a interpretação da política nos jornais, in Estudo de Comunicação, ICS da Universidade de Lisboa, n.º1, pp. 232-249.

SALGADO, Susana (2010) Os Candidatos Presidenciais-construção de imagens e discursos nos media (2006)”, Coimbra: Ed. Minerva.

FRIENDLAND, William H. (1964) For a Sociological Concept of Charisma. Volume 160 de Reprint series, University of North Carolina: pp. 18-26.

GHISLANDI, M. A. (2007) ‘Entre carisma e poder: a constituição de um território a partir do carisma de São Francisco de Assis’ in II Colóquio Nacional do

NEER , Salvador. Disponível em 22-01-2012 em http://pt.scribd.com/doc/55281687/A-RELACAO-ENTRECARISMA-E-PODER

Neri de Souza, Francislê Pedro Costa, António e Moreira, António, Questionamento no Processo de Análise de Dados Qualitativos com apoio do software

WebQDA In EDUSER: revista de educação, Vol 3(1), 2011 Inovação na Educação com TIC, Instituto Politécnico de Bragança – Escola Superior de

Educação. Bragança, Portugal - Eduser: http://www.eduser.ipb.pt ISSN 1645-4774

SERRANO, Estrela (2002) As presidências abertas de Mário Soares: As estratégias e o aparelho de comunicação do Presidente da República, Coimbra:

Minerva.

SERRANO, Estrela (2006) Jornalismo político em Portugal: A cobertura de eleições presidenciais na imprensa e na televisão (1976-2001), Lisboa: Colibri.

SCHONHARDT-BAILEY, CHERYL and Yager, Edward (2009), The rhetoric of presidents and prime ministers speeches, a textual analysis of Ronald Reagan’s and Margaret Thatcher’s speeches, The London School of Economics and Politcial Science (LSERO), London, UK

Viviane Seyranian, Michelle C. Bligh (2008) Presidential charismatic leadership: Exploring the rhetoric of social change in School of Behavioral

and Organizational Sciences, Claremont Graduate University, 123 East Eighth Street, Claremont, CA 91711, USA The Leadership Quarterly 19 (2008) 54–76

WEBER, M. (2000) A Política como Profissão. Lisboa. Edições Universitárias Lusófonas.

WEBER, M. (1983) Fundamentos da Sociologia. 2ª Ed. Porto: Ed. Rés.

WEBER, M. in Cruz, M. Braga (1995) Teorias Sociológicas. Vol I. Lisboa: Ed. Fundação Calouste Gulbenkian.

WODAK, Ruth (2009) ‘The (Ir)rationality of politics’, in The Discourse of Politics in Action – Politics as Usual. Londres: Macmillan, pp. 28-56.