1-2-experiência-som: da palavra em cena n’As Lágrimas de Saladino

Andreia Dias Marques

Resumo


O presente artigo faz parte de uma proposta de estudo sobre a presença da ação
da palavra em cena na dança contemporânea e concentra-se n’As Lágrimas de Saladino,
trabalho de Rui Horta com Tiago Rodrigues que, entre outros, é temática alvo de
investigação. Independentemente das relações de sentido a que apela, a palavra falada em
cena é considerada pela sua natureza física e pensada enquanto processo com capacidade
para atuar através do seu valor sonoro e vocal. Observando a justaposição e compatibilidade
de ideias de diversos autores, são tópicos principais de discussão o valor sonoro da palavra
e a sua percepção no constante jogo de relações em cena. A partir da dimensão da
concretude sonora ensaia-se uma possibilidade de vínculo da palavra falada em cena com o
corpo e a dança contemporânea. O processo de dar palavra ao corpo que dança diante de
Outro pode perceber-se como forma de dar voz e potencializar a dança e o evento teatral e
performativo. Da perspetiva d’As Lágrimas de Saladino – que oferece vasto material para o
exercício da consciência de escuta – a experiência da sonoridade da palavra falada
sobrepõe-se ao seu sentido linguístico o que permite-nos considerar, também, falar de dança
como processo de uma experiência percetiva de natureza auditiva.


Palavras-chave


palavra; ação; som; dança contemporânea

Texto Completo:

PDF

Referências


Barba, Eugenio (2010) Queimar a casa: origens de um diretor. São Paulo: Perspectiva.

Damásio, António (2010) O Livro da Consciência: A construção do cérebro consciente. Lisboa: Círculo de Leitores.

Fischer-Lichte, Erika (2011) Estetica de lo performativo. Madrid: Abada Editores.

Foucault, Michel (2014 [1989]) As Palavras e as Coisas: Uma Arqueologia das Ciências Humanas. Lisboa: Edições 70.

Gumbrecht, Hans Ulrich (2010) Produção de Presença: o que o sentido não consegue transmitir. Rio de Janeiro: Contraponto e PUC-Rio.

Henrique, Luis L. (2007) Acústica Musical (2.ª ed). Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.

Menezes, Flo (2003) A acústica musical em palavras e sons. Cotia, SP: Ateliê Editorial.

Preston-Dunlop, Valerie and Ana Sanchez-Colberg (2010) Dance and the Performative, a Choreological Perspective: Laban and beyond. Hampshire: Dance Books.

Schaeffer, Pierre (2008 [1966]) Tratado de los objetos musicales. Madrid: Alianza Música.

Schaffer, Murray (2011 [1986]) O ouvido pensante. São Paulo: Editora Unesp.

Wisnik, José Miguel (1989) O som e o sentido: Uma outra história das músicas. São Paulo: Companhia das Letras.




Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.