Propecção geoquímica e mineralométrica na região da Coriscada (Beira Alta). Ensaio comparativo das metodologias utilizadas

L. Rodrigues, J. Soares, L. Viegas, E. Cardoso Fonseca

Resumo


A área estudada de 16Km2, localiza-se a Sul da Vila de meda (Beira Alta). Predominam na região, sob o ponto de vista geológico, duas grandes unidades: um granito hercínico de grão médio e duas micas, e um complexo xisto-granito-migmatito cujos componentes são difíceis de individualizar.O estudo comparativo da cartografia de "factores scores", da carta de anomalias de W e Sn e das cartas mineralométricas de cassiterite, volframite e sheelite leva-nos a concluir que este último processo é adequado para obter uma primeira delimitação das áreas anómalas em W e Sn.Porém, o processo mineralométrico não dispensa a utilização da prospecção geoquímica, já que a partir da análise estatística multivariada se projectam imagens mais representativas do contexto geológico e das mineralizações.

Texto Completo:

PDF