n. 5 (2007)

Teatro Mínimo

Sumário

Artigos

Epimeteu, ou o Homem que Pensava Depois: uma «fantasia mitológica» de Jorge de Sena PDF
Maria Fernanda Brasete 11-22
Ficção mínima: potência e acto no teatro de Augusto Abelaira PDF
Paulo Alexandre Pereira 23-40
Peças Breves no Teatro Escrito de Natália Correia PDF
Armando Nascimento Rosa 41-54
Florbela Mínima – exercício sobre Hélia Correia PDF
Isabel Cristina Rodrigues 55-66
A dramatização do mínimo essencial do mito de Antígona em António Sérgio PDF
Carlos Morais 67-76
A paródia a sério da História: O Eunuco de Inês de Castro PDF
Flavia Maria Corradin 77-92
Nas fitas a alma se enlaça: no adeus a Coimbra de Celestino Gomes PDF
Teresa Bagão 93-112
A urgência da palavra neo-realista: o «teatro mínimo» de Alves Redol PDF
Miguel Falcão 113-124
O teatro mínimo de Henoch Uma leitura de O Incompreendido (drama psicopatológico em 3 actos e 4 quadros), de Raul Leal PDF
Márcia Seabra Neves 125-138
A Farsa Lírica no Teatro Romântico ou a forma mínima da desejada nova ópera portuguesa PDF
Ana Isabel Vasconcelos 139-150
Ah! Mònim dum Corisco!..., de Onésimo Teotónio Almeida: o triunfo e a derrota do emigrante açoriano PDF
Mónica Serpa Cabral 151-160
De Profundis, de Ivam Cabral: teatro veloz com Oscar Wilde PDF
António Manuel Ferreira 161-170
A palavra activa n’A Voz humana PDF
Maria Eugénia Pereira 171-178
«Eu era Hamlet»: o desejo de substituição em Hamletmaschine, de Heiner Müller PDF
Miguel Ramalhete Gomes 179-188
Aspectos do teatro popular de Valongo: as Papeladas PDF
Carlos Nogueira 189-198
As formas breves e o teatro mínimo nos Bonecos de Santo Aleixo PDF
Christine Zurbach 199-208
«Se calhar nem mesmo teatro»: o texto dramático para a infância de Manuel António Pina PDF
Sara Reis da Silva 209-222
Entre o texto e o palco: dramatizações de histórias na primeira infância PDF
M. Fátima M. Albuquerque 223-234
O silêncio como teatro – aproximações à produção dramática de António Torrado PDF
Ana Margarida Ramos 235-252

Outros estudos

O poliedro da linguagem: as difrações imagéticas em «a pedra que não caiu» PDF
Karina Marize Vitagliano 255-264
A imagem no poema «A fl or que ainda não nasceu na página», de António Ramos Rosa PDF
Rachel Hoffmann 265-276
A escrita como magnífica impostura PDF
Cristina Firmino Santos 277-288
«A quantas gentes vês porás o freio»: o outro n’Os Lusíadas PDF
Virgínia Bazzetti Boechat 289-306
A escrita em metamorfose: uma leitura das Tisanas PDF
Claudio Alexandre de Barros Teixeira 307-316
Aspectos da modernidade em El Arco y la Lira, de Octavio Paz PDF
Danilo Rodrigues Bueno 317-332
HH e YHWH: Hilda Hilst e o deus javista PDF
Bernardo Nascimento de Amorim 333-340
Os teclados e «Opus 78»: um diálogo literário-musical PDF
Ana Carolina da Silva Caretti 341-350
«Nada pensa nada» PDF
Érica Zíngano 351-364
A aventura incessante de Ulisses: Kazantzakis e José Miguel Silva PDF
Carolina Donega Bernardes 365-386

Recensões

JORGE, Lídia (2007). Combateremos a Sombra. PDF
Lola Geraldes Xavier 389-392
ARAÚJO, Alcione (2006). Escritos na Água. PDF
Lola Geraldes Xavier 393-394
PIRES, Isabel Cristina (2007). Deserto Pintado. PDF
João de Mancelos 395-396
Rita Chaves, Carmen Secco e Tania Macêdo. Brasil/África: como se o mar fosse mentira. PDF
Adelto Gonçalves 397-400
Camilo Pessanha (2006). Clepsidra e outros Poemas. PDF
Adelto Gonçalves 401-403

Documento completo

Documento completo PDF
Forma Breve Forma Breve 409