Família e conflito no texto humorístico: mesclagens conceptuais e representações

Rosa Lídia Coimbra

Resumo


Um dos temas incontornáveis no texto humorístico é o das relações humanas em geral e das relações familiares em particular. Partindo de um corpus de textos humorísticos publicados em antologias e em páginas especializadas, pretende-se analisar os mecanismos de criação do humor e os traços que compõem as representações de todos os tipos de laços familiares: casais, pais e filhos, genros e sogras, tios, irmãos.
No caso do laço de irmãos, foram, ao longo do tempo, geradas muitas desconstruções intertextuais, quer literárias, quer em textos pertencentes aos mais diversos géneros, incluindo os géneros humorísticos. Partindo
de um enquadramento teórico no âmbito da Linguística Cognitiva, nomeadamente a teoria da integração conceptual de Fauconnier e Turner, analisámos a construção de mesclagens conceptuais e o modo como estas recontam, em tonalidades atuais, uma história milenar.

Palavras-chave


texto humorístico; intertextualidade; metáforas conceptuais; representações

Texto Completo:

PDF