O conflito social e familiar na dramaturgia de língua portuguesa: a escrita de resistência em "Gota d'água" (Chico Buarque e Paulo Pontes) e "Os Degraus" (Augusto Sobral)

Agnaldo Rodrigues da Silva

Resumo


Este artigo apresenta um estudo sobre o teatro e a política em países de língua portuguesa: Brasil e Portugal.
O contexto histórico são as décadas de 1960 e 70, momento quando esses países viveram uma intensa censura nos diversos setores socioculturais, incluindo a literatura e a arte. O estudo tem como corpus duas exemplaridades: Gota d’água (Chico Buarque e Paulo Pontes) e Os Degraus (Augusto Sobral).

Palavras-chave


Gota d'água; Chico Buarque; Os Degraus; Augusto Sobral

Texto Completo:

PDF