As reverberações do duplo no romance "Dois irmãos", de Milton Hatoum: Caim e Abel transfigurados

Marcelo Schincariol

Resumo


No ensaio que se segue, a narrativa de Caim e Abel serve de entrada inusitada para uma leitura do romance Dois irmãos, de Milton Hatoum. Questiona-se, assim, a aproximação entre romance e texto bíblico, ao passo que não se descarta a possibilidade de este último iluminar a modo intrincado como se dão as reverberações do duplo na narrativa hatouniana.

Palavras-chave


literatura brasileira; Milton Hatoum; Dois irmãos; Caim e Abel; conceito de duplo

Texto Completo:

PDF