Immigration et défis de l’enseignement du portugais langue d’accueil à l’Université de Brasilia

Lúcia Maria de Assunção Barbosa

Resumo


Este artigo reflete a minha inserção acadêmico-científica no eixo do ensino-aprendizagem de línguas e da formação de professores, sem perder de vista as aproximações necessárias entre língua e cultura. Aqui, faço um breve relato das reflexões teóricas e práticas empreendidas mais especificamente na temática do ensino-aprendizagem de português em contexto de imigração, na cidade de Brasília (Distrito Federal), sob o prisma da língua de acolhimento. A partir dessa perspectiva, são expostas as parcerias efetuadas, os desafios encontrados e os avanços teóricos e práticos resultantes do Projeto de Pesquisa o Português como língua de acolhimento em contexto de imigração e refúgio: proposta de inserção linguístico-laboral no Distrito Federal (2016-2017). Esse projeto de pesquisa é financiado pela Fundação de Apoio Pesquisa do Distrito Federal (FAP-DF), com apoio do Programa de Extensão “UnB Idiomas” e do NEPPE – Núcleo de Ensino e Pesquisa em Português como Língua Estrangeira, onde ocorrem as atividades.

Palavras-chave


português; língua de acolhimento; formação de professores; imigração

Texto Completo:

PDF

Referências


Auger, N. (2008). Le rôle des représentations dans l’intégration scolaire des enfants allophones. In J. Chiss (Org.), Immigration, école et didactique du français (pp. 187-230). Paris: Didier.

Barbosa, L. M. A., São Bernardo, M. A. (2015). The role of language in social integration of refugees. In S. Gorovitz ; I. Mozzilo (Org.), Language Contact: Moblility, Borders and Urbanization (v. 1, pp. 107-118). Newcastle upon Tyne: Cambridge Scholars Publishing.

Barbosa, L. M. A., São Bernardo, M. A. (2014). Português para refugiados: especificidades para acolhimento e inserção. In D. M. P. Simões & F. J. Q. Figueiredo (Orgs.), Metodologia em/de linguística aplicada para ensino e aprendizagens de línguas (pp. 269-278). Campinas: Pontes Editores.

Barbosa, L. M. A., São Bernardo, M. A.; Ruano, B. P. (2016). Acolhimento, sentidos e práticas de ensino de português para migrantes e refugiados, na Universidade de Brasília e na Univeridade Federal do Paraná. In J. A. P. Gediel & G. G. Godoy (Orgs.), Refúgio e Hospitalidade (pp. 321-336). Curitiba: Kairós Edições.

Bretegnier, A. (2010). Français langue d’insertion/d’intégration/d’affiliations socio-universitaire. Parcours, difficultés, formations. In L. Cadet & J. Mangiante (Orgs.), Langue et intégration: Dimensions institutionnelle, socio-professionnelle et universitaire (pp. 313-329). Bruxelles: Peter Lang.

Gloaguen-Vernet, N. (2009). Enseigner le français aux migrants. Paris: Hachette.

Hall, E. T. (1977). La dimension cachée. Paris: Seuil.