Arquitetura da Informação e Usabilidade: um estudo no processo de cadastro de autor e submissão de artigos no Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas por meio da revista Bibliocanto da UFRN

Maria Aniolly Queiroz Maia, José Guilherme Santa Rosa, André Luis Santos Pinho

Resumo


Um dos sistemas utilizados para criação e gestão de periódicos eletrônicos é o Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER), utilizado na construção de portais de periódicos, assim como na criação de revistas isoladamente. Nesse sentido, acredita-se que os sistemas de gestão de revistas científicas eletrônicas devem ser desenvolvidos de acordo com as necessidades dos seus usuários. O processo de cadastro de autor e submissão de artigos são tarefas relevantes no processo editorial de um periódico. Assim, este artigo objetiva analisar a Usabilidade e a Arquitetura da Informação (AI) dessas tarefas no SEER por meio da Revista Bibliocanto, que integra o Portal de Periódicos Eletrônicos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Para efetivação da pesquisa, foram realizados Teste de Usabilidade e Avaliação Cooperativa, com um total de vinte participantes, divididos em quatro categorias: cinco discentes de graduação, cinco discentes de pós-graduação, cinco docentes e cinco bibliotecários. Todos estes vinculados à UFRN. Após análise os resultados apontam a necessidade de melhorias na interface nesses dois processos. 


Palavras-chave


usabilidade; arquitetura da informação; sistema eletrônico de editoração de revistas

Texto Completo:

PDF

Referências


BIBLIOCANTO (1999). Biblioteca Central Zila Mamede. UFRN, v.3, n.1, 1999.

BIBLIOCANTO (2015). Recuperado em 10 setembro 2015, de http://periodicos.ufrn.br/bibliocanto.

COSTA, S. M. S. ; GUIMARÃES, L. V. S. (2010). Qualidade de periódicos científicos eletrônicos brasileiros que utilizam o Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER). Informação & Informação, 15(especial), 75-93.

FERREIRA, S. M. S. P.; REIS, G. (2008). A prática de Arquitetura de Informação de websites no Brasil. TransInformação, 20 (3), 11-30. Recuperado em 10 outubro 2015, de http://www.scielo.br/pdf/tinf/ v20n3/07.pdf

GIL, A. C. (2008). Métodos e técnicas de pesquisa social (6a ed.). São Paulo: Atlas.

INFORMATION ARCHITECTURE INSTITUTE (2010). Arquitetura de informação. Recuperado em 10 outubro 2015, de http://iainstitute.org/pt/translations/o_que_e_arquitetura_de_informacao.php

INTERNATIONAL ORGANIZATION FOR STANDARDIZATION 9126 (1991). Software product evaluation: Quality characteristics and guidelines for their use.

INTERNATIONAL ORGANIZATION FOR STANDARDIZATION 9241 (1998). Ergonomic requeriments for Office work with visual display terminals. Part 11: Guidance on usability.

JORDAN, P. W. (1998). An Introduction to Usability. London, UK: Taylor & Francis.

MACEDO, F. L. O. (2005). Arquitetura da Informação: aspectos epistemológicos, científicos e práticos. Dissertação de mestrado, Universidade de Brasília, Brasil.

NIELSEN, J. (1993). Usability Engineering. Boston: Academic Press.

NIELSEN, J. (2000). Projetando Websites. (A. Gibson, Trad.). Rio de Janeiro: Campus.

ORDONES, S. A. D. (2008) Modelo para análise de usabilidade de periódico científico eletrônico. Dissertação de mestrado, Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, Brasil.

PORTAL DE PERIÓDICOS ELETRÔNICOS DA UFRN (2015). Recuperado em 10 setembro 2015, de http://periodicos.ufrn.br/

RUBIN, J. (1994). Handbook of Usability Testing: How to Plan, Design and Conduct Effective Tests. New York: John Wiley & Sons.

SHNEIDERMAN, B. (1998). Designing the user interface: strategies for effective human-computer interaction. (3a ed.). Reading, Mass: Addison Wesley Longman.