Design de interação e de interfaces tácteis: o caso particular do design para crianças surdas

Miriam Reis, Conceição Lopes, Joana Quental

Resumo


Os dispositivos com ecrãs tácteis são uma realidade que, embora ainda recente, tem já um impacto considerável na sociedade atual. As tecnologias digitais tornaram-se meios facilitadores e de potenciação da informação e comunicação. Sendo que as crianças estão entre os seus principais adeptos e utilizadores, cabe aos designers interpretarem esta mudança de paradigma e encararem o desafio de desenhar especificamente para este grupo. Considera-se que estes suportes se tornam especialmente eficientes enquanto interfaces de comunicação para crianças com algum tipo de dificuldade.

Diversos autores têm investigado acerca do design de interação e de interfaces para crianças, mas no que se refere a crianças surdas a informação ainda é escassa e dispersa. Assim, este artigo apresenta um conjunto de aspetos a considerar, relativos ao design de interfaces e de interação, quando se desenham aplicações para dispositivos tácteis (iPad), dedicados a crianças surdas. Para evidenciar os princípios subjacentes ao projeto para este universo de utilizadores, ainda que se vá mostrando outras referências, toma-se como exemplo a aplicação (app) em desenvolvimento “o rato do campo e o rato da cidade”.


Palavras-chave


design de interação; interface; crianças surdas; aplicação; iPad

Texto Completo:

PDF

Referências


What to consider when designing iPad apps for children. (2015). from http://hummingbird.digital/what-to-consider-when-designing-ipad-apps-for-children/

CHIASSON, S.; & GUTWIN, C. (2005). Design principles for children's technology. Interfaces.

DERVAN, S.; HALL, T.; & KNIGHT, S. (2008). Interaction design for kid's technology-enhanced environmental education (pp. 105–108). Presented at the IDC '08: Proceedings of the 7th international conference on Interaction design and children, New York, New York, USA.

DRUIN, A. (1999). The design of children's technology. Cs.Colorado.Edu.

FABOSSI, L. A.; & GUIMARÃES, A. L. S. V. (2014). Design de interface voltado a crianças em educação infantil.

GELMAN, D. L. (2014). Design For Kids - Digital Products for Playing and Learning. Brooklyn, New York: Rosenfeld Media.

GOLDFELD, M. (2002). A criança surda: linguagem e cognição numa perspectiva sócio-interacionista. Plexus Editora.

HARBIG, C.; BURTON, M.; MELKUMYAN, M.; ZHANG, L.; & CHOI, J. (2011). SignBright: A Storytelling Application to Connect Deaf Children and Hearing Parents (p. 977). Presented at the the 2011 annual conference extended abstracts, New York, New York, USA: ACM Press.

HOURCADE, J. P. (2008). Interaction Design and Children. Foundation and Trends in Human–Computer Interaction. Hanover: now Publishers Inc.

IBARRA, K. (2011). Designing Apps for Kids | UX Magazine. from https://uxmag.com/articles/designing-apps-for-kids

ITZKOVITCH, A. (2012). Designing Experiences for Young Kids. from http://uxmag.com/articles/desig- ning-experiences-for-young-kids

MEDEIROS, N. L.; GIANINI, E.; GOMES, M. J.; & BATISTA, W. B. (2005). Desenvolvimento de brinquedos pedagógicos para crianças surdas. 3o Congresso Internacional De Pesquisa Em Design.

MELO, A. M.; BARANAUSKAS, M. C. C.; & SOARES, S. C. DE M. (2008). Design com crianças: da prática a um modelo de processo. Revista Brasileira De Informática Na Educação, 16(01).

MERWE, R. V. D. (2012). A Dad's Plea To Developers Of iPad Apps For Children – Smashing Magazine. from https://www.smashingmagazine.com/2012/03/dads-plea-developers-ipad-apps-children/ MICHAEL COHEN GROUP LLC. (2011). Young Children, Apps & iPad.

POTTER, L. E.; KORTE, J.; & NIELSEN, S. (2014). Design with the deaf: do deaf children need their own approach when designing technology? (pp. 249–252). Presented at the IDC '14: Proceedings of the 2014 conference on Interaction design and children, New York, New York, USA: ACM Request Permissions.

PREECE, J.; ROGERS, Y.; & SHARP, H. (2015). Interaction Design: beyond human-computer interaction (4 ed.). West Sussex: Wiley.

TAROUCO, L.; GRANDO, A.; & KONRATH, M. L. P. (2004). Projeto e produção de objetos educacionais usando conceitos de alfabetização visual. Presented at the X Congreso Argentino de Ciencias de la Computación. from http://sedici.unlp.edu.ar/handle/10915/22442

VYGOTSKY, L. S. (1998). Pensamento e linguagem. São Paulo: Martins Fontes.

WORKSHOP, S. (Ed.). (2012). Best Practices: Designing Touch Tablet Experiences for Preschoolers.