Avenida responsiva: uma proposta de intervenção na cidade do Natal-RN

João Batista Silva, Verônica Maria Fernandes de Lima

Resumo


Este artigo apresenta uma proposta de intervenção urbana que atenda de forma rápida às variações do volume de tráfego de pedestres ao longo do dia, modificando os espaços reservados para tráfego de pedestres e veículos através de um sistema interativo de sinalização que utiliza balizadores escamoteáveis automatizados para delimitar faixas ao longo da avenida. 


Palavras-chave


design urbano; sinalização; responsive environments; traffic calming; shared space

Texto Completo:

PDF

Referências


Bentley, I., Alcock, A., Murrain, P., Mcglynn, S., & Smith, G. (1985). Responsive environments: a manual for designers. London: Architectural Press.

Del Rio, V. (1990). Introdução ao Desenho Urbano no processo de planejamento. São Paulo: Pini. Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte - BHTRANS. (2013). Manual de Medidas Moderadoras de Tráfego - Traffic Calming [Manual]. Belo Horizonte, MG. Recuperado em 16 de julho, 2015, de http://www.bhtrans.pbh.gov.br/portal/ page/portal/portalpublicodl/Temas/BHTRANS/ manual-traf c-calming-2013/ manual_traf c_calming.pdf

Gregório, N., Neves, J., Fernandes, A., & Capitão, S. (2013). Análise do desempenho da sinalização na segurança rodoviária em meio urbano. Anais do 7o Congresso Rodoviário Português, Lisboa, Portugal. Lima, V. (2015). Desenho urbano: uma análise das experiências brasileiras. Natal: Edufrn.

Paoli, D., & Pina, S. (2008). Desenho Urbano nas áreas habitacionais: uma metodologia de análise conceitual. Anais do 7o Seminário Internacional do Núcleo de Pesquisa em Tecnologia da Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil.