Comunicação visual: imagens que disseminam ciência

Cátia Pereira, Álvaro Sousa, Teresa Franqueira

Resumo


O presente artigo é fruto de uma análise ao conceito de comunicação visual e o papel da imagem no contexto de comunicação de ciência. Desde as primeiras publicações científicas que os autores procuram reforçar as suas descobertas com auxilio a representações visuais, facilitando a disseminação das suas descobertas.

A integração de imagens na estratégia de comunicação, desde o modelo Heliocentric de Nicolaus Copernicus até exemplos mais recentes como as imagens do Cosmos produzidas com recurso ao Hubble Space Telescope, permitirá perceber qual o papel das disciplinas de comunicação na produção de imagens cientificas.

Numa sociedade em que o grau de profusão de elementos visuais é cada vez mais forte e onde a construção de conhecimento recorre ao uso de novos métodos, importa perceber qual o contributo da representação visual para a comunicação da ciência e, consequentemente, para a melhor compreensão do mundo. 


Palavras-chave


design de comunicação; representação visual; ciência; imagens

Texto Completo:

PDF

Referências


BURNS, T. W.; O’CONNOR, D. J.; STOCKLMAYER, S. M. (2003). Science communication: A contemporary definition. Public Understanding of Science, 12(2), 183–202. http://doi.org/10.1177/09636625030122004

CARRADA, G. (2006). Communicating Science: A scientist’s survival kit (Office for). Luxembourg. http://doi.org/10.1007/3-540-31920-4

ERLHOFF, M.; MARSHALL, T. (2008). Design Dictionary: perspectives on Design Terminology. http://doi.org/10.1007/978-3-7643-8140-0

FRANKEL, F. (2004b), “Seeing Stars”, American Scientist 92, 5 (September–October): 462. FRASCARA, J. (2004). Communication Design, Principles, Methods and Practice.

Retrieved from http://batik.imtelkom.ac.id/pustaka/8678/communication-design-principles-methods-and-practice.html

GOMES, C. M. (2013). Comunicação científica: alicerces, transformações e tendêcias. Covilhã: Livros LabCom. Retrieved from http://www.labcom-ifp.ubi.pt/livro/105

MASON, R.; MORPHET, T.; PROSALENDIS, S. (2006). Reading Scientific Images: The Iconography of Evolution.

MASSARANI, L.; MOREIRA, I. D. C. (2005). A retórica e a ciência dos artigos originais à divulgação científica. Science, (C), 1–18.

MORIARTY, S. E.; KENNEY, K. (2005). Visual Communication: A Taxonomy and Bibliography. Retrieved from http://www.ivla.org/resources.htm

MULLER, M. (2007). Research on visual communication. Studies in Communication Sciences, 7(2), 7–34.

PROVIDÊNCIA, F. (2012). Poeta, ou aquele que faz: a poética como inovação em design.

Retrieved from http://ria.ua.pt/handle/10773/9218

ROWE, G.; & FREWER, L. J. (2005). A Typology of Public Engagement Mechanisms. Science, Technology & Human Values, 30(2), 251–290. http://doi.org/10.1177/0162243904271724

SMITH, K. [ED], MORIARTY, S. [ED], BARBATSIS, G. [ED], & KENNEY, K. [ED]. (2005). Handbook of visual communication: Theory, methods, and media.

Retrieved from http://ovidsp.ovid.com/ovidweb.cgi?T=JS&PAGE=reference&D=psyc5&NEWS=N&AN =2004-21253-000