Um ponto entre pontos: breve reflexão sobre criatividade e inovação em Design

Marlene Ribeiro, Providência Francisco

Resumo


A reflexão que aqui se ensaia convoca os conceitos de criatividade e inova
ção em design, como suporte à análise da evidência de semelhanças gráficas encontradas entre a marca territorial “Porto.” e “Vitra.”, “Prague School of Design Winter” e “Fair.Kiez”. Propomos uma análise descritiva das marcas selecionadas, motivada pela polémica do suposto plágio da marca “Fair.Kiez” sobre a marca “Porto.”, mas que se afasta das batalhas jurídicas da reivindicação de autoria e seus direitos, ainda que reforçando a não permissividade com a “cópia”. Identificámos no ponto e no sistema geométrico, de cor azul, trabalhado graficamente como ícones que se interligam formando padrão, os elementos com potencial de diferenciação da marca “Porto.”, tendo sido possível encontrar recursos semelhantes em marcas anteriores e na proposta alemã “Fair.Kiez” que é cronologicamente posterior. Sendo certo que a novidade é sempre provisória, as manifestações da criatividade parecem ser mais formas de adaptação do que de criação (ou mais manifestação de inovação incremental do que de inovação radical). Assim, com recurso às mesmas gramáticas gráficas, será improvável
a diferenciação radical, num tempo de comunicação global. A contaminação do autor, num mundo lotado de signos visuais, permite-nos identificar no pecado do plágio, a virtude da co-autoria como progresso coletivo e participativo do design. 


Palavras-chave


Porto.; criatividade; inovação; design; marca territorial

Texto Completo:

PDF

Referências


ALLAN, M.; VAN GELDER, S. (2006) City branding: how cities compete in the 21st century. London: Placebrand.

BONO, E. (1999) El pensamento creativo: el poder del pensamento lateral para la creación de nuevas ideas. Barcelona: Paidós

BROWN, T. (2009) Change by Design: how design thinking transforms organizations and inspires innovation. New York: HarperCollins Publishers.

GLASER, M. (2009) Drawing is thinking. London: Gerald Duckworth & Co Ltd.

LUPTON, E. (ed.) (2012) Intuición, Acción, Creación: Graphic Design Thinking. Barcelona: Gustavo Gili, SL.

MUNARI, B. (2007) Fantasia. Lisboa: Edições 70.

MUNARI, B. (2008) Das coisas nascem coisas. Lisboa: Edições 70

MUNARI, B. (2009) Design e Comunicação Visual. Lisboa: Edições 70.

OLINS, W. (2003) O livro da marca. Lisboa: Editorial Verbo.

PROVIDÊNCIA, F. (2012) Poeta ou aquele que faz: a poética como inovação em Design. Aveiro: Universidade de Aveiro (tese de doutoramento)