As Musas ensinam a mentir (Hesíodo, Teogonia, 27-28)

Jacyntho Lins Brandão

Resumo


Este estudo trata dos versos 27-28 da Teogonia de Hesíodo, explorando as possibilidades de interpretação do que declaram as Musas ao poeta e buscando entender o estatuto do pseûdos que elas reivindicam para a esfera de sua competência enquanto deusas. O trecho é aproximado das declarações homéricas relativas tanto às Musas, quanto às Sereias, bem como de variante da fórmula de Hesíodo aplicada a Ulisses (Odisséia 19. 203). Conclui-se que a questão da verdade e da mentira já se apresenta como complexa, exigindo do ouvinte/leitor o necessário discernimento.

Texto Completo:

PDF


A revista Ágora. Estudos Clássicos em Debate está indexada em: Arts and Humanities Citation Index – ISI Web of Knowledge | LATINDEX | QUALIS | SCOPUS | EBSCO Publishing