A concepção de Pandora e a dimensão social da mulher helênica: interfaces entre divindade e ser humano

Leandro Mendonça Barbosa

Resumo


Quando nos referimos à questão da mulher na sociedade Helênica enfrentamos
muitos caminhos diferentes, que nos levam a parâmetros adicionais. Neste artigo, alvitramos
um estudo de caso de eventos religiosos gregos — tanto em documentos textuais
quanto em imagens — relacionados à Pandora, a primeira mulher mortal criada pelos
seres divinos. Proporemos uma reflexão sobre o conceito e a imagem desta divindade, e
como a análise das fontes pode, em alguns aspectos, refletir o ideal grego da figura
feminina.

Palavras-chave


Pandora; Mulher grega; Hesíodo; religiosidade; iconografia

Texto Completo:

PDF

Referências


Fontes:

AMORGOS, Semônides de, Sátira Contra as Mulheres — fr 7, 1‐6, trad. Maria F.

BRASETE: Ágora. Estudos Clássicos em Debate 7 (2005) 153‐162.

ARISTÓFANES, As Aves. Trad. Maria de Fátima de Sousa e SILVA, Lisboa,

Edições 70, 2006.

HESÍODO, Os Trabalhos e os Dias. 3ª edição, trad. Mary de Camargo Neves

LAFER, São Paulo, Iluminuras, 1996. [edição bilíngue português‐grego].

HESÍODO, Teogonia. Trad. Jaa TORRANO, 3ª edição, São Paulo, Iluminuras,

[edição bilíngue português‐grego].

Lexicon Iconographicum Mythologiae Classicae — Vol. VII: Oidipous‐Theseus.

Zürich, München, Düsseldorf, Artemis & Winkler Verlag.

Bibliografia:

CALAME, Claude (1986), Lé Récit em Grèce Ancienne: enonciations et

representations de poètes. Paris, Meridiens Klincksieck.

CHEVALIER, Jean (1986), Diccionario de los Símbolos. Barcelona, Editorial

Herder.

GRIMAL, Pierre (2000), Dicionário de Mitologia Grega e Romana. Rio de Janeiro,

Bertrand.

HARRISON, Jane (1903), Prolegomena to the Study of Greek Religion. Cambridge,

Cambridge University Press.

LAFER, Mary de Camargo Neves (1996), “Os mitos: comentários”: Os Trabalhos

e os Dias. 3ª edição. São Paulo: Iluminuras, 53‐94.

LERNER, Gerda (1986), The Creation of Patriarchy. Oxford, Oxford University

Press.

LESSA, Fábio de Souza (2010), Mulheres de Atenas: Mélissa — do Gineceu à

Ágora. Rio de Janeiro, Mauad X.

OPPERMANN, Manfred (1994), “Pandora”: Lexicon Iconographicum

Mythologiae Classicae — Vol. VII: Oidipous‐Theseus. Zürich, München,

Düsseldorf, Artemis & Winkler Verlag.

PANOFSKY, Dora; PANOFSKY, Erwin (1962), Pandora’s Box: the changing aspects

of a mythical symbol. 2ª edição. Nova York, Bollingen Foundation.

REEDER, Ellen D. (org.) (1995), Pandora: Women in Classical Greece.

Baltimore/Maryland, The Walters Gallery of Art; Princeton/New Jersey,

Princeton University Press.

RODRIGUES, Nuno Simões (2011), “A Nudez do Guerreiro Grego”:

Humanitas 63 (2011) 201‐216.

SCHMITT, Jean‐Claude; VERNANT, Jean‐Pierre (2002), Eva et Pandora:

la création de la femme. Paris, Gallimard.

SIEBEERT, Gérard (1990), “Hermes”: Lexicon Iconographicum Mythologiae

Classicae ‐ Vol. V: Herakles‐Kenchrias. Zürich, München, Düsseldorf

Artemis & Winkler Verlag.

SILVA, Cristina Isabel Lucas (2008), Visões do Feminino nos Epinícios de

Píndaro. Coimbra, Universidade de Coimbra, Departamento de Estudos

Clássicos (Tese de Mestrado).

SILVA, Maria de Fátima Sousa (2006), “Introdução”: As Aves. Lisboa, Edições

VERNANT, Jean‐Pierre (1990), Mito e pensamento entre os gregos: estudos de

psicologia histórica. Rio de Janeiro, Paz e Terra.




A revista Ágora. Estudos Clássicos em Debate está indexada em: Arts and Humanities Citation Index – ISI Web of Knowledge | LATINDEX | QUALIS | SCOPUS | EBSCO Publishing