Projetos e desenvolvimento de competências em comunicação oral nos primeiros anos

Cristina Manuela Sá

Resumo


O desenvolvimento de competências em comunicação oral é uma preocupação tanto para os educadores de infância como para os professores do 1º Ciclo do Ensino Básico, dado que nãopodemos considerar uma criança como proficiente neste domínio só porque sabe falar.  Requer o recurso a certas estratégias e será beneficiado pela implementação de projetos que levem o ensino/aprendizagem da língua materna a interagir com outras áreas curriculares.

Neste texto, propomos uma análise de alguns projetos que orientámos, desenvolvidos no jardim-de-infância e em escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico em Portugal no âmbito da prática pedagógica supervisionada articulada com o seminário de investigação em Educação, tendo em conta a abordagem didática da oralidade. Neste estudo, adotámos uma metodologia de índole qualitativa baseada na análise de conteúdo de dados relativos às atividades desenvolvidas com as crianças na intervenção didática que estava no centro de cada projeto. Os nossos principais objetivos eram identificar e caracterizar a perspetiva de abordagem didática da comunicação oral subjacente a esses projetos. Os resultados do estudo revelaram que usar determinadas estratégias didáticas de abordagem da oralidade é não só recomendável, como também possível, e ajudaram-nos a refletir sobre a forma como estávamos a formar os nossos estudantes para o desenvolvimento de competências em comunicação oral nas crianças a partir do ensino/aprendizagem da língua materna.


Texto Completo:

PDF


Indagatio Didactica | ISSN: 1647-3582

Indexada em
: CAPES/QUALIS (categoria ENSINO, B2 (2015) || RCAAP
Avaliada com o factor de impacto SJIF 2016 = 5.079


Este trabalho é financiado por Fundos Nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto UID/CED/00194/2013.