Desafios de docentes universitários brasileiros sobre didática da oralidade na formação do professor de Português

Ewerton Ávila dos Anjos Luna

Resumo


A formação de professores no Brasil vem se modificando com o passar dos anos, sobretudo em função das contribuições das Ciências da Educação e dos documentos oficiais publicados no país que norteiam as práticas docentes e os currículos dos cursos de licenciatura. No entanto, ainda são várias as dificuldades enfrentadas por docentes universitários. No curso de Letras-Português, essa realidade não é diferente. Apesar dos vários avanços no processo formativo do futuro professor de Língua Portuguesa, trabalhar sistematicamente com alguns tópicos é desafiador. A didática da oralidade é um deles. Embora o desenvolvimento de competências da oralidade seja imprescindível no processo de Educação Linguística dos alunos na escola, a reflexão sobre didática da oralidade nos cursos de formação parece não ser tão simples assim. Considerando isso, este estudo tem por objetivo identificar as dificuldades dos formadores em relação a esta temática e os desafios a serem enfrentados para a realização de um trabalho efetivo quanto ao debate sobre o ensino-aprendizagem dos textos orais. Para tanto, foram entrevistados docentes universitários de duas Instituições de Ensino Superior situadas no nordeste brasileiro. Os dados apontam que as principais dificuldades estão em torno da ênfase em conteúdos específicos (concepção de oralidade, relação fala-escrita, características da fala, etc.) em detrimento de conteúdos pedagógicos como aspectos da transposição didática, estratégias de ensino, planejamento e avalição. O grande desafio, pois, é pensar a relação teoria-prática.


Texto Completo:

PDF


Indagatio Didactica | ISSN: 1647-3582

Indexada em
: CAPES/QUALIS (categoria ENSINO, B2 (2015) || RCAAP
Avaliada com o factor de impacto SJIF 2016 = 5.079


Este trabalho é financiado por Fundos Nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto UID/CED/00194/2013.